Governo suspende importação de café do Peru

Da Redação

Liberação de compras, publicada dia 30 de abril, vinha sendo criticada pelo setor cafeeiro

Crítico das importações do Peru, setor cafeeiro temia perda de renda e competitividade (Foto: Davilym Dourado/Ed. Globo) 

O governo decidiu suspender a importação de café do Peru, informa, nesta quinta-feira (21/5) o Diário Oficial da União. A Resolução número 3 foi assinada pelo diretor do Departamento de Sanidade Vegetal do Ministério da Agricultura, Luis Rangel. 

De acordo com o documento, a importação está suspensa até que a Organização Nacional de Proteção Fitossanitária do Peru (ONPF) apresente um plano de trabalho, que seja aprovado pela Defesa Sanitária brasileira. 

“O Plano de Trabalho deverá conter informações sobre a produção, pragas presentes e tratamentos fitossanitários utilizados, bem como medidas de mitigação de risco de envio de pragas no comércio internacional de café”, informa a resolução. 

A iniciativa do governo de liberar a importação foi tomada no fim de abril e provocou indignação entre as lideranças da cafeicultura. O Conselho Nacional do Café (CNC), por exemplo, classificou a medida como inaceitável. 

"Surpreende por ter sido mais uma a ser adotada à revelia de consultas ao setor privado e, principalmente, por não ter levado em consideração o contexto mercadológico", disse a entidade.

O CNC avaliou ainda que a liberação de importação sinalizava que o País não tem oferta para honrar a demanda, o que seria extremamente danosa. Além disso, pressionaria as cotações do café, afetando a renda e a competitividade do produtor brasileiro.
Compartilhar

About Movimento dos Comunicadores do Brasil

0 comentários:

Postar um comentário