Senar adere ao modelo de EAD

O programa vai atender inicialmente a oito Estados do Brasil: Paraíba, Sergipe, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pará, Goiás, Rio de Janeiro e Santa Catarina, cujas aulas terão início no dia 28 próximo


O Pacto de Cooperação da Agropecuária Cearense (Agropacto), apresentou, no último dia 24, aos seus participantes, a adesão do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) à Rede - E-Tec Brasil, programa que visa a inclusão de produtores, familiares e técnicos na rede de ensino à distância (EAD). A apresentação do programa foi feita pela coordenadora regional da Rede E-Tec da Paraíba, Poliana de Queiroz. 

O programa vai atender inicialmente a oito Estados do Brasil: Paraíba, Sergipe, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pará, Goiás, Rio de Janeiro e Santa Catarina, cujas aulas terão início no dia 28 próximo. No Ceará, o Programa passará a funcionar no segundo semestre de 2015. 

"O Senar é um órgão do sistema S dos mais novos, só tem 2O anos de existência. A sala de aula do Senar somente foi até a propriedade rural a partir dos últimos cinco anos. Ele começou a mudar essa forma de atuar. Hoje estamos criando a universidade e passamos a formar técnicos de nível superior e, por meio da Rede E-Tec, qualquer cidadão poderá participar, disse o presidente da Faec e do Conselho Deliberativo do Senar, Flavio Saboya. 

Conforme informou o superintendente do Senar-CE, Paulo Helder de Alencar Braga, o Ceará vai implantar dois polos da Rede E-Tec no início do segundo semestre de 2015, com o curso técnico de nível médio em Agronegócio, que ficará atrelado ao Centro de Excelência em Ovinocaprinocultura, para atender a todo produtor do Brasil. 

O curso terá quatro semestres, com carga horária de 1.230 horas. Vinte por cento da carga horária presencial será obrigatória e formada por 25 disciplinas, além do estágio supervisionado. A metodologia divide formação à distância e formação presencial em polos estruturados com computadores e Internet.
Compartilhar

About Colibri Comunicação

0 comentários:

Postar um comentário