Produção de Leite de Qualidade é apresentado em sete municípios de MT

Assessoria de Comunicação do SENAR-MT

A expectativa é que 1.500 propriedades sejam beneficiadas pelo programa nos próximos dois anos


Com a meta de atender pelo menos 1.500 propriedades rurais em Mato Grosso, o analista e responsável pelo programa especial Produção de Leite de Qualidade, Wlademiro Neto e o diretor executivo da Associação de Produtores de Leite (Aproleite), Carlos Augusto Zanata visitaram na semana passada sete municípios mato-grossenses. O principal objetivo foi divulgar e apresentar o Programa para produtores e empresários da cadeia produtiva do leite. Outras visitas, desta vez para a região Norte do Estado, estão programadas para as próximas semanas. 

O programa é desenvolvido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR-Central) e SENAR-MT em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Associação de Produtores de Leite (Aproleite). O programa conta ainda com a parceria dos Sindicatos Rurais, Prefeituras, Associações, Cooperativas e diversos outros parceiros. 

A primeira parada foi em Dom Aquino onde a equipe se reuniu com presidente do Sindicato Rural, Wanderlei Amaro de Almeida, empresários e produtores de leite. Wanderlei está otimista com a implantação do programa no município. Como Dom Aquino tem a pecuária de leite como base da economia, o principal objetivo é melhorar a qualidade de leite na região. 

Animado, o empresário Ronaldo Gomes Azambuja, do laticínio Brasilac, disse que quer implantar o programa em sua empresa. Â?Tenho certeza que vai nos ajudar a melhorar a qualidade do leite em nossa regiãoÂ?. A expectativa é que dentro de 30 dias seja realizada a primeira turma do Programa de Produção de Qualidade de Leite em Dom Aquino. 

Produtor de leite há oito anos e empresário do setor, Valdécio Tarsis Rezende conta que produz em média 1.400 litros por dia. Na opinião dele é preciso investir em mão de obra e na qualidade. Â?A pecuária de leite virou um negócio. Isso exige profissionalização. Contamos com o programa Produção de Leite de Qualidade para nos ajudar a melhorar a qualidade do nosso produtoÂ?. 

De acordo com o diretor executivo da Aproleite, Carlos Augusto Zanata, a meta do programa é atingir 1.500 propriedades em dois anos. Â?Estamos otimistas, mas temos um grande desafio para 2014Â?. 

A cadeia produtiva do leite está em pleno desenvolvimento em Mato Grosso. Â?A expectativa é ampliar a produção, investir na qualidade e desenvolver a cadeia no EstadoÂ?, ressalta o presidente do Sistema FAMATO/SENAR, Rui Prado. 

O superintendente do SENAR-MT, Tiago Mattosinho acrescenta que o objetivo geral do programa Produção de Leite de Qualidade é produzir o leite de acordo com a Instrução Normativa 62, do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Â?A ideia é adequar a propriedade as regras por meio da capacitaçãoÂ?. 

Parceria com laticínios - A receptividade dos empresários e produtores do setor leiteiro foi bastante positiva nos sete municípios visitados entre os dias 11 e 14 de fevereiro. Â?Para executar o programa precisamos da parceria dos laticínios para nos fornecer os resultados das análises e também dos Sindicatos de Produtores Rurais e vários outrosÂ?, enfatiza o analista e responsável pelo programa no SENAR-MT, Wlademiro Neto. 

Em 2013, a Cooperativa dos Produtores de Leite de Campinapólis (Campileite) realizou a primeira turma com 15 produtores de leite. O resultado foi tão bom que no próximo dia 10 começa a segunda turma. A expectativa é realizar pelo menos três turmas no município em 2014. Animado com o novo desafio, o responsável técnico pelo laticínio, Gerantino Joaquim Neto enfatiza que com a capacitação, o produtores passam a ter mais atenção com os detalhes. Â?É assim que conseguimos melhorar a qualidadeÂ?. 

Para o presidente do sindicato Rural de Campinapolis, Joaquim José de Almeida todo tipo de conhecimento traz benefícios. Assim como Joaquim, o presidente do Sindicato Rural de Vila Rica, Eduardo Ribeiro, também acredita que o Programa de Produção de Leite de Qualidade auxiliará os produtores a ter um produto melhor. 

Ainda em fase de conhecimento do Programa, o presidente do Sindicato Rural de Confresa, Bira Capuzzo se mostrou muito animado. Â?É muito bom. Vamos lutar para conseguir trazer mais este benéfico para o nosso municípioÂ?. 

Além de Dom Aquino e Campinapolis, a equipe também visitou Vila Rica, Nova Xavantina, Porto Alegre do Norte, Santa Terezinha e Confresa . Pela animação daqueles que participaram das reuniões, há uma grande expectativa de que todos façam parte do Programa de Produção de Leite de Qualidade. 

Nas próximas semanas a equipe composta por representantes do Senar-MT e Aproleite devem visitar os municípios da região Norte do Estado. A ideia é apresentar e divulgar o programa de Produção de Leite de Qualidade em todo o Estado.

Compartilhar

About Sistema Blogger Brasília de Comunicação

0 comentários:

Postar um comentário