A valorização da atividade agrícola


Estela Benetti

Desenvolver ações de formação profissional rural e atividades voltadas às pessoas do campo tem sido a principal bandeira do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária de Santa Catarina (Faesc)



Desenvolver ações de formação profissional rural e atividades voltadas às pessoas do campo tem sido a principal bandeira do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária de Santa Catarina (Faesc). Neste mês, o Senar promoverá 282 treinamentos gratuitos em todo o Estado e beneficiará aproximadamente 4,5 mil pessoas. 

As ações envolvem atividades de agricultura, aquicultura, apoio agrossilvipastoril, relativas à prestação de serviços, pecuária e silvicultura. Os treinamentos têm por objetivo a aquisição de conhecimentos, habilidades e atitudes para o exercício de uma ocupação, bem como aumentar a eficiência do desempenho profissional dos trabalhadores rurais. 

Entre os treinamentos oferecidos estão a fruticultura básica, implantação do pomar, manejo do pomar, controle fitossanitário, colheita e comercialização, operação e manutenção de roçadeira em áreas de fruteiras perenes, produção de mudas frutíferas e conservação do solo. 

Também serão disponibilizadas capacitações de cebolicultura, olericultura básica, cultivo protegido de hortaliças, conservas de frutas, conservas de hortaliças e temperos, beneficiamento e conservação de pescado, queijos e industrialização de soro, doces de leite e iogurte, cortes, assados e empanados de frango, embutidos e defumados de carne suína, entre outros.
Compartilhar

About Sistema Blogger Brasília de Comunicação

0 comentários:

Postar um comentário