Produção convertida em lucro


Da Redação

O atual cenário de escassez de trigo deve se converter em lucro para o agricultor que apostou na cultura de inverno



O atual cenário de escassez de trigo deve se converter em lucro para o agricultor que apostou na cultura de inverno. A baixa oferta do produto no país impulsionou a área cultivada do cereal, que depois de nove anos deve bater a marca de 1 milhão de hectares no Estado.

De acordo com levantamento divulgado ontem pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a safra 2013/2014 deve render 2,45 milhões de toneladas nas lavouras gaúchas, alta de 29,6% em relação ao período anterior, prejudicado pelo clima. A suspensão das exportações do grão argentino, anunciada no início deste mês e que se estenderá até dezembro, valoriza ainda mais a nova safra do cereal.

"O trigo será a grande aposta do produtor no inverno. Com a alta no preço e os problemas com os fornecedores internacionais, já notamos esse crescimento da área" afirma o superintendente regional da Conab, Glauto Melo Junior.

Para o superintendente, o volume de produção poderá chegar próximo ou até mesmo ultrapassar o recorde do ciclo 2011/2012, quando a colheita de 2,74 milhões de toneladas fez o Rio Grande do Sul desbancar o Paraná como maior produtor.

O plantio do trigo está em fase final -  alcançou 78% segundo levantamento da Emater. Nos números da safra de verão, o levantamento corroborou os bons resultados da produção gaúcha, com 28,25 milhões de toneladas colhidas. 
Compartilhar

About Paulo Roberto Melo

0 comentários:

Postar um comentário