Custo de produção de grãos no Brasil é quase duas vezes maior em relação ao da Argentina, indicam especialistas


Os custos de produção de grãos no país são maiores do que o seu principal concorrente na América do Sul, a Argentina






Custo de produção de grãos no Brasil é quase duas vezes maior em relação ao da Argentina, indicam especialistas:
Créditos: Tadeu Vilani / Agencia RBS

 A afirmação é de especialistas internacionais que participam do 8º Circuito Aprosoja, que percorre o Estado de Mato Grosso para levar informações de mercado aos sojicultores das maiores cidades produtoras. Com o tema A Soja no Mundo, o circuito de palestras também aborda o planejamento e a situação das commodities agrícolas para a próxima safra.

Na etapa de terça, dia 16, realizada na cidade de Campo Novo do Pareci, os produtores brasileiros chegaram à conclusão de que o custo de produção de grãos na Argentina é menos da metade do custo praticado no Brasil. O valor por hectare de soja no MT, por exemplo, é de cerca de R$ 100 mil, enquanto que no país vizinho, é de R$ 478,00.

Terceiro maior produtor de grãos, a Argentina fica atrás somente do Brasil e dos Estados Unidos. O consultor argentino Sebastián Gavaldáfez, da Associação Argentina de Consórcios Regionais de Experimentos Agropecuários (AACREA), fez uma análise sobre as diferenças entre os dois mercados. Segundo ele, o escoamento do grão no país vizinho é beneficiado pela distância entre armazéns e portos.

O especialista chinês Lin Tan, presidente executivo de investimento da Hopefull & Holding Corp., que também participa do circuito, destaca a questão logística no mercado brasileiro. Ele afirma esse é um problema que deve ser resolvido com emergência para não prejudicar a posição mundial do Brasil como grande fornecedor de grãos.

Durante o evento, os produtores também acompanham palestras com produtores norte-americanos e especialistas nacionais. Nesta quarta, dia 17, o ciclo ocorre em Sapezal.


Compartilhar

About Paulo Roberto Melo

0 comentários:

Postar um comentário