Ministros alinham ações à safra 2013


O ministro dos Portos, Leônidas Cristino, recebeu na manhã de ontem, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Antônio Andrade, para alinhar as ações de curto, médio e longo prazo, que estão sendo adotadas pelo governo federal para o escoamento da safra de grãos. Na ocasião, foi assinada uma portaria que constitui um grupo de trabalho para acompanhar e dar celeridade as ações previstas. 

O grupo voltará a se reunir na próxima semana para analisar o cenário atual de superprodução agrícola e suas perspectivas, identificar e levantar estudos para definir melhores práticas utilizadas no País e no exterior para identificar os gargalos a serem solucionados, monitorar a movimentação de grãos e propor um plano de ação para orientar a iniciativa pública e privada na priorização dos investimentos. O objetivo é identificar, relacionar e viabilizar as potenciais fontes de recursos para o desenvolvimento das ações propostas.

De acordo com dados do Mapa, em 2011/2012 o Brasil produziu 166 milhões de toneladas de grãos, com a expectativa de ultrapassar os 184 milhões de toneladas em 2013. "Por isso, a importância do desenvolvimento de ações conjuntas entre portos, transportes e agricultura" disse o ministro dos Portos.

MP dos Portos

Enquanto Leônidas Cristino apresentava as ações que vem desenvolvendo para melhorar a infraestrutura de logística portuária do País, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) defendia que a Medida Provisória 595 - que altera os regimes de operação e concessão dos portos brasileiros e que tramita no Congresso Nacional - é uma das pautas prioritárias na agenda legislativa do setor neste ano.

Segundo a CNI, o novo marco legal para o setor pode resultar em R$ 54 bilhões de investimentos até 2017, ampliando a concorrência e reduzindo os custos na exportação de mercadorias. Além disso, a CNI estima a criação de 321 mil novos postos de trabalho com a expansão da infraestrutura do setor portuário. 
Compartilhar

About Paulo Roberto Melo

0 comentários:

Postar um comentário